quinta-feira, 23 de março de 2017

Prefeitura de Rosário intensifica trabalho e garante melhorias em várias vias urbanas

A prefeitura de Rosário tem realizado uma grande operação de tapa buracos em várias ruas do centro e outros bairros da cidade.

Os trabalhos começaram antes do carnaval e continuam a todo vapor. A empresa contratada pertence ao empresário Vilaça de Bacabeira e por onde passou tem mostrado um bom trabalho, agradando a todos com um asfalto de qualidade o mesmo utilizado em BRs.

A rua general Lott esta vinha sofrendo com lama e buracos está sendo totalmente recuperada e melhorando a qualidade de vida dos moradores.

Bomba: Vereador de Rosário é acusado de assédio sexual e vítima é menor de idade!



O vereador Carlos do Remédio (PC do B), foi acusado formalmente na delegacia Regional de Rosário na manhã desta quinta (23), onde quem registou o B.O foi a mãe que acompanhada da vítima uma menor de 14 anos.

Na denuncia a mãe afirma que o vereador citado vinha assediando a sua filha através de mensagens via WhatsApp, convidando-a pra sair, marcando encontro, e relata que já houve um beijo forçado, sem o consentimento da vítima.
Dep. Othelino, Gov. Flávio Dino e vereador Carlos do Remédio que foi o mais votado em Rosário nas eleições de 2016.

A família que já apoiou o vereador está revoltada com a situação e a menor está assustada.

O vereador ainda será ouvido pela polícia.

O que diz a lei


O que poucas pessoas sabem é que mesmo “carícias” forçadas, hoje, são consideradas estupro.

A mudança é recente, pois só em 2009 a lei que trata dos crimes contra a dignidade sexual sofreu alterações e tiveram as punições endurecidas. Antes, a lei era exclusiva para mulheres e só  considerava o estupro quando a vítima era constrangida a praticar conjunção carnal (sexo com penetração) mediante violência ou grave ameaça.

Com a modificação na lei, tanto mulheres quanto homens podem ser vítima de estupro, uma vez que a legislação tipifica o crime como “constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso”, de acordo com o artigo 213 do Código Penal.

Assim, conforme a delegada da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), Andréa Nascimento, até as carícias e beijos sem o consentimento de uma das partes podem ser consideradas  estupro,  um crime hediondo. “Não é qualquer toque, mas até aquele beijo em que um homem pega uma mulher forçadamente - e vice e versa - , por exemplo, pode ser estupro. Ou seja, é importante entender que esse tipo de crime não se limita a penetração, conjunção carnal, mas se o ato não teve consentimento da vítima, o crime existe”, explicou ela, ao afirmar que no casos das vítimas masculinas, o atentado violento ao pudor foi abolido passando a ser estupro também.



Carlos do Remédio foi procurado pelo blog, e disse que vai se manifestar!

Não viu? Então veja a reportagem de Manu no Esporte Espetacular da Globo!

A reportagem foi exibida no ultimo domingo (19) no programa Esporte Espetacular da rede Globo, onde mostra a situação que envolve Manu, Grêmio e Barcelona. Assista no vídeo abaixo! 


Jovem de 23 anos morre com descarga elétrica enquanto fazia chapinha, o caso abalou a região do munim!


A jovem Vanessa Rafizza de 23 anos morreu, morreu enquanto alisava os cabelos com uma chapinha na tarde desta terça-feira (21), em povoado Santo Antonio do Napoleão no município de Cachoeira Grande (MA). De acordo com as informações, a jovem foi vítima de uma descarga elétrica ao usar o aparelho sem sapatos quando teve uma forte descarga elétrica em consequência de um raio, onde aquela região quando esta chovendo tem frequentemente queda de raios..

O caso aconteceu no povoado Santo Antonio do Napoleão, zona rural do município de Cachoeira Grande, na região do munim. Segundo informações, chovia durante a tarde, quando a jovem estava fazendo um trato no cabelo com a chapinha, quando sofreu a descarga elétrica provocada por um raio.


A jovem Vanessa ainda foi socorrida e levada para Unidade de Pronto Atendimento – UPA, no município de Morros, mais resistiu a gravidade.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Bacabeira: Família corre contra o tempo para salvar bebê que precisa realizar cirurgia com URGÊNCIA!!!




Este é Rayan Castro, uma criança maravilhosa na qual tem apenas 1 ano e 9 meses tem síndrome de down e nasceu com CARDIOPATIA (uma anormalidade no coração).  Reside na comunidade de VIDÉO em BACABEIRA-MA.

Ele precisa passar por uma CIRURGIA COM URGÊNCIA  muito delicada no qual o orçamento financeiro é um pouco caro. Ele aguarda por uma vaga no "SUS", porém, a dificuldade para se consegui uma cirurgia com urgência é enorme.

No caso dessa criança, o estágio dessa anomalia já está bem avançado. Podendo leva - ló a morte.
A família e amigos estão fazendo campanhas a fim de conseguir o dinheiro. “Não podemos mais em hipótese alguma esperar pelo SUS. Então resolvemos nos manifestar para salvar uma vida. Espero poder contar com a ajuda de Vocês e conseguir arrecadar no máximo 80 MIL reais. Pois esse é o valor estimado para se fazer a cirurgia”.

Quem tiver interesse em ajudar entre em contato com a mãe Flor de Liz através do Celular: (098) 98934-1334 email:  jhulia_pr@hotmail.com


Entendendo um pouco sobre a doença:

Cardiopatia Congênita é qualquer anormalidade na estrutura ou função do coração que surge nas primeiras 8 semanas de gestação quando se forma o coração do bebê. Ocorre por uma alteração no desenvolvimento embrionário da estrutura cardíaca, mesmo que descoberto no nascimento ou anos mais tarde. É o defeito congênito mais comum e uma das principais causas de óbitos relacionadas a malformações congênitas.

Nascem no Brasil aproximadamente 28 mil crianças com problemas cardíacos por ano, ou seja, a cada 100 bebês nascidos vivos 1 é cardiopata.

Só lembrando que essa criança tem MENOS DE UM MÊS PARA REALIZAR ESSA CIRURGIA.


Ajudem pelo menos compartilhe esta matéria! 

Justiça manda Petrobras pagar compensação por impactos ambientais em Bacabeira.

Apesar do estrago ter sido causado à cidade de Bacabeira a indenização não ficará no município! 

Por unanimidade, a 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) manteve decisão do Juízo da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís que, nos autos de Ação Civil Pública, deferiu tutela provisória de urgência em favor do Estado, para que a Petrobras cumpra o Termo de Compromisso de Compensação Ambiental (TCCA) – pelo qual se comprometeu a pagar R$ 124.702.491,00 – e continue quitando as parcelas pelos impactos ambientais causados no município de Bacabeira, onde seria instalada a Refinaria Premium 1.

O Estado propôs a ação sob o argumento de que, em decorrência do procedimento de licenciamento ambiental para a instalação da refinaria, firmou com a Petrobras o TCCA. Afirmou que a empresa encerrou os projetos de instalação da refinaria em 22 de janeiro de 2015, solicitando o cancelamento dos processos de licenciamento ambiental e outras autorizações em trâmite na Secretaria Estadual do Meio Ambiente.

Acrescentou que, posteriormente, a Petrobras encaminhou expediente ao Estado, comunicando a suspensão dos pagamentos das parcelas referentes à compensação ambiental, considerando que o termo de compromisso teria perdido o objeto com o encerramento dos trabalhos.

De acordo com a decisão mantida pelo órgão colegiado do TJMA, o juiz de base determinou à Petrobras que pagasse, no prazo de 15 dias, as parcelas 9ª e 10ª, vencidas, respectivamente, em 31 de julho de 2015 e 31 de janeiro de 2016, bem como efetuasse o pagamento das demais parcelas, no prazo estipulado no TCCA.

Inconformada com a decisão do juiz, a Petrobras ajuizou agravo de instrumento, com pedido de efeito suspensivo, sustentando que a causa determinante para o pagamento da compensação ambiental é o licenciamento do empreendimento, razão pela qual o cancelamento deste a desobrigaria do pagamento integral dos valores previstos no TCCA.

DECISÃO – O desembargador José de Ribamar Castro, relator do agravo, destacou que é sabido que a implantação da Refinaria Premium, no município de Bacabeira, fora cancelada unilateralmente pela Petrobras, tendo a empresa reconhecido a realização de serviços de desmatamento, terraplanagem, drenagem e outros, o que acarretou a modificação da flora, fauna e parte hídrica da região.

Sobre a compensação, citou manifestação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e disse ser aplicável ao usuário-pagador, como contribuição financeira, em virtude dos danos ambientais por sua atuação predadora, no meio ambiente.

Ribamar Castro ressaltou que os serviços realizados resultaram em impactos ambientais de relevância, conforme o Relatório Preliminar de Vistoria, realizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), sendo que, dos 33 impactos previstos, 18 ocorreram, alguns até irreversíveis, o que exige a devida compensação ambiental.


O relator disse que o argumento da empresa, de que encerrou as atividades de instalação, não é suficiente para sustar o cumprimento da compensação ambiental, considerando que, efetivados os danos ambientais inerentes à licença, deve a Petrobras cumprir o que lhe foi imposto, com o pagamento das parcelas em atraso, no valor de R$ 15.348.000,00, e das demais a vencer. Os desembargadores Raimundo Barros e Ricardo Duailibe concordaram com o voto do relator e também negaram provimento ao recurso da Petrobras.

terça-feira, 21 de março de 2017

Mais uma vez, alguns vereadores de Rosário rejeitam projetos importantes para o município: Um que fala sobre a implantação da Escola em Tempo Integral!


Não sei o que está acontecendo com alguns ilustres vereadores (Jardson, Sandro, Ademar, Carlos do Remédio, Brandão, Gilvan e Hamilton Filho) de Rosário que parecem esquecer a sua função de criar projetos e leis que visem o bem comum da sociedade.

Pois bem, mais uma vez os nobres Edis ou não sabem "interpretar um texto", ou  RETALIAÇÃO ao vereador Pedrosa Filho (Necó) que é autor de mais de 90 % dos projetos aprovados na Câmara- É o que estar parecendo, pelos menos pra mim-, pois não encontro outra justificativa -se é que existe!!! Para amparar a decisão dos parlamentares acima citados em rejeitarem projetos tão IMPORTANTES E RELEVANTES que serviriam e muito para proporcionar melhorias ao município de Rosário.

Vamos direto ao ponto! Nesta segunda (20), o vereador Pedrosa Filho apresentou como sempre vários projetos em benefício ao município entre os quais citamos: o primeiro a ser rejeitado foi o Projeto de Lei nº 019/2017 onde Autorizava ao poder executivo local CRIAR O CONSELHO MUNICIPAL DE PATRIMÔNIO HISTÓRICO, ARTISTICO E CULTURAL, BEM COMO O FUNDO MUNICIPAL DE PATRIMÔNIO HISTÓRICO, ARTÍSTICO E CULTURAL DO MUNICÍPIO DE ROSÁRIO –MA,

O outro projeto REJEITADO foi na área da Educação: Projeto de Lei nº 020/2017 onde AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A INSTITUIR NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO DE ROSÁRIO – MA, DIRETRIZES PARA EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL DE FORMA GRADATIVA E PROGRESSIVA AMPLIANDO A JORNADA ESCOLAR DOS ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DA REDE MUNICIPAL ROSARIENSE...

Outra indicação que os "nobres" edis rejeitaram foi na área Ambiental: ONDE SOLICITAVA O ESTUDO TÉCNICO DE VIABILIDADE DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA DO RIO ITAPECURU, VISANDO AMPLIAR O SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NO MUNICÍPIO DE ROSÁRIO-MA.

Li todos os textos dos projetos e acho que não é preciso entrar nos detalhes, nem nas justificativas, não vi nenhum erro que dê razão aos vereadores votarem contra!  

Bem caros leitores (a), ficou bem claro de que lado os vereadores estão, pelo menos para mim acho que estão bem longe de "valorizarem" os votos conquistados! Se eu fosse eleitor de algum dos citados, com certeza já estaria arrependido!

Para não fazer injustiça os vereadores que votaram a favor dos projetos foram: Pedrosa Filho (autor), Rachid Sauaia, Ancelmo Bruno, Machado e Jonas Magno.

Vamos aguardar a próxima sessão para ver se a outra tese (que eu não quis citar aqui) vai se confirmar!

Aguardem!!!