terça-feira, 21 de maio de 2019

Conheça a situação dramática da criança rosariense Isabelle Vitória que luta pela sobrevivência!

A campanha solidária em prol da criança rosariense Isabely Vitória está sensibilizando muita gente na região. Com menos de 2 anos de idade Isabelle sofre com um problema gravíssimo de saúde (atrofia cerebral, com crises convulsivas, este ano já sofreu com 10 pneumonias) moram em uma casa de taipa no povoado Piçarreira em São Simão zona rural de Rosário-Ma,  em virtude desta situação o pai não trabalha e vive exclusivamente para cuidar da bebê. 

O pai José Ribamar de Jesus Sousa Correa divulgou um vídeo mostrando toda a luta e parte das dificuldades que enfrenta diariamente com a Isabely, além de agradecer por toda ajuda que tem recebido a família precisa de ajuda para continuar lutando em prol da vida da criança.
A cantora Joelma em sua passagem por Rosário manifestou seu apoio à causa e tirou uma foto ao lado dos artistas plásticos e do sec. de cultura de Rosário Alaim Tavares.

O blog Rosário em Foco também entrou na Campanha de Solidariedade e pede a quem se sensibilizou com a situação pode estar enviando sua doação para a conta abaixo:


Dnit rompe contrato de duplicação da BR-135; Exército deve assumir



O Exército Brasileiro deve mesmo assumir a finalização da obra de duplicação da BR-135, no trecho entre São Luís e Bacabeira.

A informação é do superintendente regional do Dnit no Maranhão, Gerardo Fernandes.
Segundo ele, o contrato com o consórcio Serveng/Aterpa foi rescindido unilateralmente, após uma série de descumprimentos.

“Há 90% de chances de a obra ficar com o Exército”, declarou.
Iniciada em 2012 e nunca efetivamente concluída, a obra de duplicação desse trecho da BR-135 chegou a ser inaugurada pela metade, em 2018.

Atualmente, já há vários trechos deteriorados, necessitando de novos reparos.

Via Gilberto Leda

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Prefeita Irlahi continua em sua missão de transformar a educação do município de Rosário

A prefeita de Rosário Irlahi Moraes mesmo sem o apoio do governo do estado -que praticamente virou as costa para o município- continua com a sua incansável missão de transformar a educação rosariense e os números positivos são vistos e notáveis.

Recentemente a gestora esteve visitando mais uma importante obra, a construção de uma escola patrão MEC que esta em ritmo bastante acelerado. A escola fica localizado no povoado Pirangi  e vai oferecer quatro salas de aula, sala de informática, banheiros, pátio e refeitório. “Este é mais um importante passo para levar educação de qualidade a todos os rosarienses” frisou a prefeita

terça-feira, 14 de maio de 2019

Projeto que obriga preso a pagarem por suas despesas é aprovado em comissão do Senado



A Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado aprovou, nesta terça-feira, projeto de lei que obriga presos a pagarem por suas despesas na prisão. O texto segue para a análise do plenário da Casa.

De autoria do ex-senador Waldemir Moka (MDB-MS), a proposta altera a Lei de Execução Penal, acrescentando a obrigatoriedade de o peso ressarcir o Estado pelos gastos com a sua "manutenção no estabelecimento prisional".

A proposta prevê que, se o preso não tiver recursos para arcar com o ressarcimento, “deverá valer-se do trabalho”. Em seu parecer, a relatora Soraya Thronicke (PSL-MS) fixou um desconto mensal em até um quarto da remuneração recebida.

Caso o preso tenha condição financeira de pagar suas despesas e não o faça, o projeto prevê que ele seja inscrito na "dívida ativa da Fazenda Pública". No caso de presos que comprovadamente não tiveram como arcar com o valor, Soraya acrescentou em seu parecer a suspensão da dívida por cinco anos. Se a situação financeira dele não mudar nesse período, a obrigação do pagamento é extinta.
"Ainda que o preso trabalhe e que a remuneração viabilize os descontos em favor do Estado, pode ser que o valor auferido durante a execução da pena seja insuficiente para custear todas as despesas de manutenção", diz a senadora.

Ela completa: "para que o preso hipossuficiente não saia da prisão já como um devedor, o que seria um primeiro obstáculo a sua ressocialização, e para que fique bem claro que o objetivo da proposta não é criminalizar a pobreza, estamos propondo, na forma do substitutivo apresentado ao final, a suspensão da exigibilidade do débito por até cinco anos, em caso de hipossuficiência, para que se aguarde eventual modificação da condição econômica do devedor, extinguindo-se a obrigação após esse prazo".

Superintendente Nacional do IPHAN visita a cidade de Rosário

 A superintendente nacional do IPHAN, Kátia Bogéa, e superintendente estadual, Maurício Itapary, e do secretário de infraestrutura da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, Paulo Nakamura estiveram nesta segunda (13) fazendo uma visita à Rosário onde foram recepcionados pela comitiva da prefeita Irlahi.

Na ocasião foi discutido a entrega da Antiga Estação Ferroviária de Rosário, que está sendo revitalizada e será um importante espaço cultural do município rosariense. 

Turma do STJ concede liberdade a Temer



A maioria da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) votou, nesta terça-feira, por conceder liberdade ao ex-presidente Michel Temer, que está preso preventivamente desde a semana passada em investigação que apura desvios de recursos na Eletronuclear.

A maioria da corte determinou a substituição da prisão preventiva de Temer e do ex-coronel da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, por outras medidas alternativas à detenção.
Os ministros decidiram proibir o contato de Temer e do coronel Lima com outros investigados, de mudar de endereço e de deixar o país, ordenou a retenção dos passaportes e ainda o bloqueio de bens de ambos para garantir a instrução do processo.

O colegiado entendeu que não há motivos para justificar a manutenção da detenção de Temer porque ele não seria ameaça para a instrução do processo -- uma das razões usadas para se decretar a prisão preventiva.

Até o momento, foram dados dois votos a favor de Temer e do coronel Lima no colegiado formado por cinco integrantes. Diante do fato de um ministro ter se declarado impedido, um placar de dois votos favorece os réus.

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Irlahi realiza antiga reivindicação da Vila Boa Esperança: Pavimentação Asfáltica

A prefeita Irlahi Moraes atende a uma antiga reivindicação dos moradores da comunidade Vila Boa Esperança que fica cerca de 3 km da sede do município de Rosário e que pela primeira vez recebe pavimentação asfáltica. 
 Os trabalhos de pavimentação asfáltica segue com ritmo acelerado para a alegria de centenas de famílias que residem na localidade. "Agora sim" disse uma moradora feliz com a obra que irá trazer melhorias para toda comunidade.


"Lixão" do Maranhão em Rosário, saiba o que ainda não te contaram...

A série “Reciclagem”– iniciada pelo blog da jornalista Itamargarethe que está em manutenção e surgiu com a proposta de fazer uma verdadeira “Varredura” no contrato de limpeza pública ganhou um teaser, divulgado também pelos blogs do César Durans e IhaRebelde.com, em parceria com o site Maranhaodeverdade.com.

Depois de mostrar na matéria anterior, que empresa Titara S/A, atualmente responsável pelo aterro, não possuía contrato com prefeitura ludovicense para tratar os resíduos oriundos da capital maranhense.

Hoje, no 6º episódio da série que nos próximos dias deve ganhar repercussão nacional, vamos revelar que a empresa responsável pela construção do aterro sanitário rosariense teria ditado regras para simplificar o licenciamento ambiental do empreendimento.

De acordo com documentos obtidos com exclusividade pela reportagem, isso teria ocorrido durante reunião a portas fechadas, quando diretores da URCD Ilha Grande Comércio, Serviços e Construção S/A discutiram com servidores da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais – SEMA regras para simplificar e acelerar o licenciamento ambiental da Central de Tratamento de Resíduos (CTR) em Rosário.

As sugestões feitas pelos executivos da empresa, em encontro que teria ocorrido em fevereiro de 2011, teriam sido adotadas dois meses depois, quando em abril do mesmo ano, a SEMA expediu parecer técnico acerca do empreendimento, no qual se mostrou favorável à expedição da licença pretendida. Segundo o documento, o grau de impacto da CTR seria grande, mas não haveria interface em Área de Preservação Permanente (APP) e nem em corpos hídricos.

De posse da licença prévia para construção do empreendimento, a URCD Ilha Grande iniciou o cronograma de audiências públicas nos dias 22 e 24 de fevereiro, em Rosário e São Luís, respectivamente, onde explicou a implantação da CTR para a população das duas cidades, em conformidade com o procedimento de licenciamento ambiental.

Após a realização dos encontros, houve requerimentos de anulação da audiência realizada em Rosário pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rosário; pela Federação das Associações Comunitária do Município de Rosário; e por moradores da cidade rosariense, por meio de abaixo-assinado; do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rosário e pela então deputada estadual Eliziane Gama.

Em síntese, os requerentes alegaram que a audiência havia sido conduzida de forma autoritária, que o RIMA não havia sido apresentado de forma clara, que ficaram pontos obscuros em relação ao empreendimento e que, dessa forma, não houve observância ao artigo 9º, parágrafo único da Resolução Conama nº 013.

De igual modo, segundo documentos em anexo, os requerentes sustentaram que houve ausência de atendimento às disposições dos artigos 1º, 2º, §4º, e 3º, da Resolução número 9, de 1987 do CONAMA.
Apesar das supostas irregularidades, no dia 1º de junho daquele ano, após parecer técnico favorável, mesmo com requerimentos de anulação de parte do procedimento de licenciamento ambiental, a Licença Prévia número 038/2011 foi concedida.

Em setembro de 2011, a Sociedade Amigos do Rio Itapecuru ajuizou Ação Civil Pública, com pedido liminar, pedindo a suspensão do ato impugnado, além de ação de obrigação de não fazer. O processo de número 805-60.2011.8.10.0115, tramita na 1ª Vara da Comarca de Rosário e tem como fito suspender liminarmente a licença prévia nº 038/2011 concedida pela SEMA para construção da CTR de Rosário e, no mérito, a declaração de nulidade da aludida licença, a determinação de realização de novo EIA/RIMA e, ainda, abstenção da implantação da CTR na localidade escolhida
Tal processo foi ajuizado em face da URDC Ilha Grande Comércio, Serviços e Construção Ltda., empresa responsável pelo empreendimento, e do Estado do Maranhão.

No processo ao qual a reportagem teve acesso, a parte autora sustenta, em síntese, que houve desvio de finalidade na audiência pública realizada no município de Rosário, em 22 de fevereiro de 2011 e, dessa forma, não houve observância ao artigo 1º da resolução nº 09/1987 do CONAMA. De igual modo, sustentou que o EIA/RIMA e o parecer técnico expedido pela SEMA não observaram aspectos técnicos essenciais, o que inviabilizaria a construção do empreendimento.

“De acordo com a resolução nº 237/97 do CONAMA5, a licença prévia deve analisar as questões atinentes à localização, concepção e viabilidade ambiental do empreendimento. Segundo a Sociedade Amigos do Rio Itapecuru, estas questões não foram devidamente analisadas no EIA/RIMA e no parecer técnico emitido pela SEMA. E quais as razões de a sociedade sustentar tal argumento? O parecer elaborado pela Secretaria não faz menção a localização, concepção e viabilidade do empreendimento. Além disso, aduz que não há interface direta entre os corpos hídricos da localidade que a CTR será construída e o empreendimento”, diz trecho do documento ao qual tivemos acesso.
Outro parecer técnico foi elaborado e juntado aos autos do processo movido contra a construção da CTR. Tal documento demonstra que, em verdade, há sim corpos hídricos que perpassam pela região do empreendimento, tais como rios, riachos, igarapés, açudes e lagoas. Os mesmos deságuam no Rio Itapecuru, que abastece praticamente todo o estado do Maranhão.
Esse parecer demonstra, ainda, que como existem corpos hídricos na localidade, em razão disso, somado ao que aduz o artigo 3º da Resolução nº 303/2002 do CONAMA, tal local é Área de Preservação Permanente (APP). Além disso, o empreendimento fica próximo a povoados de Rosário e a alocação deste empreendimento no município poderia contaminar as águas que estes povos fazem uso.

“Por fim, a parte autora sustentou que o empreendimento será localizado numa área de proteção ambiental (APA), a APA Upaon-Açu/Miritiba/Alto Preguiça, a qual foi instituída por meio do Decreto 12.428, de 05 de junho de 1992. É imperioso destacar que as áreas de proteção ambiental devem ter seu uso e ocupação baseado na sustentabilidade, tal qual preconizado pela lei nº 9.985/2000. Em sede liminar, o pedido de suspensão da licença prévia nº 038/2011 foi negado. Atualmente, o processo continua tramitando na 1ª Vara da Comarca de Rosário e se encontra concluso para decisão”, destacou a peça acusatória.

MANIFESTAÇÃO JUDICIAL
A reportagem apurou que existem dois despacho sobre o caso. No primeiro, datado do dia 06 de novembro de 2013, a então juíza Rosângela Santos Prazeres Macieira, que na época respondia pela 1ª Vara da Comarca de Rosário, pediu para notificar o Ministério Público para, querendo, intervir no feito, na condição de custos legis.
” Considerando o objeto e a causa de pedir da presente demanda, notifique-se o Ministério Público para, querendo, intervir no feito, na condição de custos legis (art. 82, inciso III, do CPC). Vindo a resposta, voltem-me conclusos”, destacou.
Já o segundo despacho, que é mais recente, com data de 18 de fevereiro de 2019, a juíza Karine Lopes de Castro, que hoje é titular 1ª Vara da Comarca de Rosário, pede para intimar as partes e determina que, no prazo de 05 (cinco) dias, informem se possuem provas a produzir, especificando-as, conforme documentos em anexo.

7º CAPÍTULO DA SÉRIE
No sétimo capitulo da série “Reciclagem”, que vai ao ar na segunda-feira (13), vamos evidenciar como todas as empresas até então citadas na série, estão ligadas de forma direta ou indiretamente ao Grupo Queiroz Galvão, citada na Operação Lava Jato, o que hoje representa o maior esquema de corrupção na história do País, responsável pelo desvio de bilhões de bilhões de reais seja com o pagamento de propina ou superfaturamento de obras públicas.

OUTRO LADO EM SILÊNCIO
Muito embora tenha sido informada da série iniciada na semana passada, com mais de 72h de antecedência, através de um e-mail com 19 perguntas, enviado na segunda-feira (22), na qual constava que o dedilane seria às 18h do dia seguinte(23), e não ter exercido o direito de resposta e/ou ampla defesa, o espaço permanece aberto para a SLEA, caso queira se pronunciar, do contrário, os questionamentos poderão ser feitos em juízo. Tal assertiva, também se estender as demais empresas já citadas.

CONTRATO SERÁ QUESTIONADO
O contrato do lixo consome a maior parte do orçamento que a prefeitura recebe, ou seja, trata-se de uma grande fatia do que é arrecadado pelo governo municipal. Por conta disso, os advogados que questionam judicialmente a aprovação do Projeto de Lei nº 55/2019, não descartam também protocolar outra ação popular pedindo à justiça o bloqueio dos recursos para ressarcir os cofres públicos e a suspensão do contrato até julgamento do mérito.

 Via Maranhão de Verdade




sexta-feira, 3 de maio de 2019

STF nega pedido de habeas corpus para Lula

Nesta sexta-feira (03), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, negou um pedido de habeas corpus feito para o ex-presidente e presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No último dia 29, os dois advogados que protocolaram a petição não compunham a defesa do ex-presidente.

O secretário da Justiça do Piauí, Daniel Oliveira e Fellipe Roney de Carvalho foram os advogados que protocolaram a petição de habeas corpus para Lula, todavia, nenhum dos dois têm relação com a defesa do petista preso por corrupção. O pedido também não contou com anuência dos responsáveis da defesa.
Os advogados piauienses tentaram reduzir a pena de Lula para um regime semiaberto, de modo que o ex-presidente estaria solto durante o dia, mas deveria retornar para a prisão à noite

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Senadora reconhece que o "Lixão" de Rosário dá sinais de esgotamento

O governador Flávio Dino recebeu, na manhã desta segunda-feira (22), a senadora Eliziane Gama para tratar sobre a implementação de uma nova política pública para resíduos sólidos na região metropolitana de São Luís. O objetivo é auxiliar os 13 municípios da região a acabarem com o descarte irregular de resíduos e fechar lixões.

Atualmente, o descarte de resíduos da região metropolitana de São Luís é realizado no município de Rosário. Segundo a senadora, o aterro já apresenta sinais de esgotamento, necessitando ser redimensionado. A prioridade é aplicar uma solução estruturante para a questão, incentivando coleta seletiva, reciclagem e incineração, com a criação de aterros sanitários.

“A cidade de Rosário não tem capacidade de receber todo o lixo desses municípios. Com garantia orçamentária, a gente pode criar novos espaços de forma mais respeitosa em relação a questão ambiental, para dar um retorno melhor para a população”, sustenta Eliziane Gama.

Ainda de acordo com a senadora, a demanda será discutida pelos parlamentares maranhenses em Brasília, para que a emenda da bancada possa auxiliar na implantação dos aterros sanitários, visto que o Plano Nacional de Resíduos Sólidos determina a extinção dos lixões.

“Temos uma meta nacional para cumprir e o governador Flávio Dino entende que as emendas precisam priorizar essa área, que é fundamental para o Maranhão. Vamos colocar essa pauta como prioritária na bancada e esperamos implementar mais essa política no Maranhão”, garantiu Eliziane.

Apesar de toda conversa nada ficou definido sobre os graves problemas gerados pelo "lixão" da Titara.

sábado, 20 de abril de 2019

Motorista e Assessora da prefeita Fernanda Gonçalo são indiciados por agredir gari grávida em Bacabeira

Motorista e assessora de Bacabeira/MA são acusados de agredir uma funcionária grávida do Município

A assessora de gabinete da prefeita Fernanda Gonçalo, Adnilde Desterro Cruz, juntamente com seu irmão, Demerson Desterro Cruz, que trabalha como seu motorista, estão sendo acusados de agredir uma mulher que trabalha como gari par o Município. A vítima, identificada como Emanuela Barros do Nascimento, afirma que está grávida de dois meses e estava empacotando peixes para serem distribuídos pela prefeitura quando teria sofrido a agressão.

A mulher relata que o fato aconteceu na manhã de quinta-feira (18), por volta das 11h, após ter passado a noite trabalhando. A grávida afirma que ficou irritada após Adnilde Desterro lhe xingar de merda. Zangada, ela teria puxado os cabelos da assessora quando foi surpreendida por Demerson Desterro, que lhe deu um soco no olho. A vítima desmaiou e só acordou em um posto de saúde da cidade.

Emanuela Barros fez o exame de corpo de delito e registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Especial da Mulher, em São Luís. O caso será investigado pela Polícia Civil e Demerson Desterro poderá ser enquadrado na Lei Maria da Penha.


Adnilde Desterro Cruz e Demerson Desterro Cruz. Os acusados da agressão não foram localizados por nossa equipe de reportagem.

Farra das diárias

Para quem não se lembra, Adenilde Desterro é a assessora que ficou conhecida pela farra das diárias. Só em 2018, a funcionária do gabinete da prefeita Fernanda Gonçalo teria passado 308 dias em São Luís. Entre salários e diárias, a servidora faturou R$ 73.390,00 só no ano passado.


Via Virgínia Barroso

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Dr Álvaro Botentuit ajuda na implantação da lei que garante o teste do olhinho gratuito no estado do Maranhão

O Dr. Alvaro Botentuit tem se destacado como um excelente profissional no ramo da oftalmologia no estado do Maranhão, nos últimos meses tem se dedicado também a uma causa nobre, ajudar os maranhenses a terem acesso gratuito ao teste do olhinho que é feito dias depois do nascimento da criança.

Álvaro conseguiu que a ideia se torna-se o projeto de lei 131/2019 que foi aprovado na Assembléia legislativa do estado através do deputado Arnaldo Melo. Agora o PL segue para a sanção do governador Flávio Dino.

Álvaro é filho da ex-vereadora e empresária dona do Sistema de Comunicação  Rosariense TV e Rádio que atuam em Rosário e região.

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Prefeitura de Rosário realiza entrega de peixe e cesta verde

A prefeita Irlahi Moraes participou na manhã desta quarta(17) da entrega de peixes e cestas verdes para famílias de diversas comunidades de Rosário.

A iniciativa vem da secretária municipal do meio ambiente e pesca sob o comando de Valter Costa com o apoio da secretaria Municipal de Assistência Social.

Os produtos dustribuidos foram comprados de produtores da agricultura familiar do próprio município de Rosário.

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Transformação e melhoria urbanística é destaque em Rosário!

As melhorias na infraestrutura de Rosário a cada dia avançam, a administração Irlahi Moraes tem feito uma verdadeira mudança na urbanização do município rosariense, proporcionando melhorias e qualidade de vida aos moradores.
No último sábado mais uma obra foi entregue à população, a praça no bairro Argentina era uma antiga reivindicação.

A prefeita Irlahi não tem medido esforços e mesmo diante da crise enfrentada pelos municípios continua trabalhando em prol da população e nos próximos meses outras obras serão inauguradas no município.

domingo, 7 de abril de 2019

Projeto rosariense é destaque no DAQUI da TV Mirante.

Assista ao vídeo abaixo que foi exibido neste sábado 06 na Tv Mirante filiada à rede Globo.

No aniversário dos 399 de fundação da cidade de Rosário, a população foi presenteada com uma matéria especial exibida no programa Daqui da TV Mirante, onde o projeto beneficiamento do coco babaçu desenvolvido pela comunidade quilombola de Miranda do Rosário onde são produzidos alimentos como mingau, cocada, creme, chocolate, biscoito, e que são fornecidos na merenda escolar do município. Além do artesanato feito com a fibra do coco babaçu, na comunidade Prata o destaque é o artesanato feito com fibra do guarimã com a Dona Isaura.

Estes e outros projetos fazem parte do "Mercado de Oportunidades" da associação Julpec e rede Forte do Calvário que oferecem oportunidades para diversos rosarienses cheios de esperanças e com a perspectivas de vidas melhores para suas famílias e comunidades.

A iniciativa tem rendido muitos frutos com destaque a uma parceria com uma ong da Alemanha.

sexta-feira, 29 de março de 2019

Prefeita Irlahi entrega mais um sistema Salta-z de abastecimento de água em Rosário



A prefeita Irlahi Moraes esteve na manhã desta sexta na comunidade de Itamirim, entregando um sistema de tratamento de água Salta - Z. Este projeto desenvolvido pela FUNASA em parceria com a Prefeitura Municipal de Rosário através do SAAE.

O sistema Salta-Z faz o tratamento da água e faz a distribuição aos moradores da localidade.

Este já é o segundo sistema inaugurado no município que foi o único do Maranhão que pôde receber o projeto com 4 unidades. Nos próximos meses mais duas comunidades serão beneficiadas.

Além da prefeita, representantes da Funasa, vereadores, secretários do município, SAAE e população local marcaram presença.

Ex-morador de Rosário é encontrado morto no Ceará.

O criado em Rosário o jovem Jornilson Teixera Santos, 28 anos, popular Dolfinho  foi encontrado morto em uma estrada da Serra da Conceição no munícipio de Caucaia região metropolitana do estado do Ceará, onde morava atualmente.

Jornilson foi achado com as mãos amarradas e com tiros na região da cabeça.

Os pais do jovem moram na Vila São Domingos em Rosário.

Até o momento não foi identificado a autoria do crime nem a sua motivação.

Fonte: Cnews

quinta-feira, 28 de março de 2019

Prefeitura beneficia mais de 200 produtores rurais de Rosário, através da Compra de produtos produzidos no próprio município!

A agricultura familiar em Rosário vai muito bem. Hoje são 9 associações com mais de 200 produtores que fornecem para o município, garantindo uma alimentação saudável e nutritiva a milhares de alunos da rede municipal de ensino.


Tais resultados positivos é o resultado dos esforços da prefeitura de Rosário através da secretaria Municipal de Agricultura sob o comando do jovem Valter Costa que comemorou com grande entusiasmo a produção agrícola que foi apresentada na manhã desta quarta-feira, 27, para compor a merenda escolar da rede municipal de ensino durante o ano de 2019.
A apresentação aconteceu na igreja evangelho Quadrangular no centro de Rosário. Segundo o Secretário Valter Costa, a produção para garantir a merenda escolar deve gerar mais de meio milhão de reais distribuídos aos produtores de Rosário.

Durante a reunião com os representantes dos produtores rurais do município, foram discutidas as ações de trabalho para este ano, com determinação das regras para entrega e a qualidade dos produtos, já que a merenda escolar é um dos carros chefe da agricultura familiar, com uma proposta de cardápio nutritivo para os alunos da rede pública.

segunda-feira, 18 de março de 2019

Populares encontram carro boiando com corpo dentro do Rio Munim em Axixá


Um Corsa Classic, de placa NND 6832 do munícipio de Bacabeira foi encontrado por populares submerso no Rio Munim na manhã desta segunda na cidade de Axixá.

Ainda segundo um corpo foi encontrado dentro do veículo sendo identificado por José Vicente mais conhecido por Zé da Farinha morador de Bacabeira. Ele estava desaparecido pois tinha saído de casa com destino ao Bis do Carnaval em São Simão.

A polícia foi acionada para tentar desvendar o caso.

sexta-feira, 8 de março de 2019

Rio Café é inaugurado em Rosário. Confira!

 Neste 08 de Março dia Internacional da Mulher a cidade de Rosário ganhou um espaço aconchegante onde você encontra um café delicioso com um cardápio surpreendente com variados lanches dentre doces e salgados, em destaque para aquela  tapioca recheada e muito mais.
 O Rio Café fica localizado na praça da prefeitura onde funcionava a sorveteria. Vale apena conferir.

Bloco Hadisom Folia animou a galera em Rosário

 O Bloco HADISOM FOLIA em seu 5° ano, mais uma vez superou as expectativas dos organizadores. Como de costume este ano não foi diferente, os abadás esgotaram-se antes do inicio do evento.

Muita gente bonita, animada, diversão, agito e muita festa, foi com o Bloco HADISOM FOLIA 2019, que vem mantendo a tradição e fazendo a alegria dos foliões do melhor carnaval da cidade. O bloco é de Rua FIXO (concentrado) o evento aconteceu na Trav. da Balaiada apartir do meio dia no domingo de CARNAVAL.

O bloco ofereceu ao folião o verdadeiro Open Bar com diversas bebidas, feijoada e um delicioso caldo de macaxeira. A criançada também nao poderia ficar de fora e participaram do evento.

Então a administração do bloco vem agradecer toda a organização do evento (amigos, organizadores, colaboradores, e patrocinadores) e principalmente a você que fez parte deste acontecimento.

Não menos importante citamos cada um dos patrocinadores e afirmamos que estes também fazem a festa acontecer e que sem eles, pouco seria possível.

Nosso muito obrigado.
 
Org. Bloco Ha Di Som Folia 2019.
blocohadisomfolia@gmail.com

Patrocínio:
Jonas Magno / Ver. Kiko / Ver. Sandro / Ver. Jardson / Preto do Raça / Ver. Hamilton Filho (Misteira sempre Misteira) / Saldanha de Rosário / Yuri auto peças / WE auto peças / Ivan Carnes / RR alimentos / Prof. Márcio / Zé Urias / Prof. Junior / Bento Belém / Lya Araújo / Luart Malharia / Publiart / JM peças / Carlos Martelinho de ouro / Adão Mat. de construção / Ariel Lucas / Alvorada motos/Gago Mat. de construção / Mendonça e Dias contabil / Gráfica Criart .

Apoio:
Luzia (esposa) / Lydia / Sesé (cunhada) / Luzinete /  Ires / Bar do Chico / Turma do Bentão.

Org. Adson Lima

quinta-feira, 7 de março de 2019

“A única coisa que Flávio Dino fez pelo Castelinho foi pintar as grades com a cor do seu partido”, denunciou Wellington

No início da tarde desta quarta-feira (de cinzas), 06, parte da estrutura do teto do Ginásio Castelinho desabou devido a forte ventania e chuva que caia na capital no momento do incidente.

É claro que o fatídico acontecimento se deu pela força da natureza, mas não é por isso que se pode descartar a omissão, a falta de investimentos, a irresponsabilidade e o descaso do Governo do Estado no que diz respeito ao esporte maranhense.

Há anos o Castelinho vem sendo pauta nos veículos de comunicação, que cedem espaço para lamentar e denunciar o que aquele grande local de lazer e disputa esportiva se transformou: incontáveis problemas estruturais, piscinas cheias e sujas –  sem manutenção, arquibancadas com boa parte enferrujada, mato alto e lixo acumulado, entre outras dezenas de problemas estruturais. Resumo de um completo abandono.

Aí alguém sabe como foi a última “reforma” do governo Flávio Dino no local?
Mandou pintar toda a parte da grande (de fora) na cor vermelha, cor do seu partido comunista.

O deputado Wellington do Curso, assim que soube do acontecido, se posicionou, mais uma vez, em defesa da população e argumentou que é impossível o governo do Maranhão continuar mascarando serviços públicos para a população, num eterno faz-de-conta que fez, porque “a fatura sempre chega”.

“Quando eu fui informado do que aconteceu hoje à tarde no Castelinho, fiquei muito preocupado e procurei logo saber se tinha alguém no local na hora desse desabamento, afinal, quem sempre paga a conta do desserviço de um governo mascarado e faz-de-conta, é a população, é o povo.

Falta investimento no esporte maranhense! O estado é omisso! A secretaria de Desporto e Lazer é tratada como a cozinha do governo. Os nossos atletas, os nossos esportistas não recebem nenhum tipo de ajuda ou patrocínio. Os que não abrem mão dos seus sonhos, pagam grande preço, tendo que vender água em retornos e semáforos, para arcarem com os campeonatos e disputas que participam”, disparou o deputado que faz oposição declarada ao governo Flávio Dino.

Wellington ainda foi mais enfático quando denunciou que “reforma não é apenas pintar grades de vermelho, na cor do seu partido, governador. É algo muito além disso e que os maranhenses têm direito a uma estrutura que lhes garanta segurança”.

Aqui é assim, “as coisas” só recebem tratamento e atenção adequada (e olhe lá), quando o pior já aconteceu, quando já está no chão, prova disso é que só após o desabamento do teto o governador confirmou que toda a estrutura do teto está comprometida e que já foi determinada a imediata recuperação do Castelinho.

sexta-feira, 1 de março de 2019

Vereador de Bacabeira pede audiência pública para resolver problema do FEDOR do aterro da Titara

Não é de agora que os transtornos causados pelo Aterro da Titara tem literalmente tirado o sono dos moradores de Bacabeira e Rosário. O insuportável FEDOR tem gerado inúmeras críticas e insatisfação na maioria da população local.

Para tentar amenizar a problemática o vereador da cidade de Bacabeira Jefferson Calvet entrou com um requerimento solicitando uma audiência pública objetivando um ajustamento de conduta com a empresa Titara, Agência Metropolitana do governo Flávio Dino, e órgãos competentes.

Será que a Câmara de Rosário vai seguir o exemplo de Bacabeira e fazer o mesmo? Pelo menos a população espera alguma atitude.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Prefeita de Rosário Irlahi Moraes faz pagamento de servidores antes do Carnaval

Para garantir a alegria dos "foliões" rosarienses a prefeitura Municipal de Rosário realizou ontem(27) o pagamento dos servidores do município.

O pagamento antecipado irá aquecer a economia local, principalmente nestes dias festivos gerando renda para muitos trabalhadores principalmente que aproveitam o período para obter um lucro extra.

Com uma ampla programação a secretaria Municipal de Cultura tem se preparado para mais uma vez para levar muita alegria e diversão para o público.



Prefeitura Municipal de Rosário realiza IV Conferência dos Direitos da Criança e Adolescente


Na manhã desta quinta(28) a prefeitura Municipal de Rosário realizou através da secretária municipal de Assistência Social a IV Conferência Municipal dos Direitos da Criança e Adolescentes. O evento foi realizado na escola José Macau e teve a participação de vários setores da sociedade civil organizada além do conselho tutelar e da participação especial do Corpo de Bombeiros do Maranhão.

A prefeita Irlahi Moraes esteve no evento e destacou a importância da conferencia: “Momentos como esses são importantes para o fortalecimento e construção de políticas públicas que melhorem a qualidade de vida desse público ”, frisou.

O principal objetivo da conferência é ampliar as ações desenvolvidas  e propor novas para a implementação da política de assistência ao público alvo.
No final do dia serão eleitos delegados que irão representar o município na conferência estadual.

TCE suspende Carnaval em 55 cidades do Maranhão! Veja a lista!


Levando em conta que várias prefeitura estão com salários de funcionários atrasados, o Tribunal de Contas do Estado Maranhão aprovou por unanimidade o cancelamento de festas públicas. O TCE contou com o apoio do Ministério Público neste sentido. Como os prefeitos das cidades com atraso salarial já gastaram com os preparativos e contratos com bandas, eles já estão condenados, assim como a ampla maioria da população de cada município que não é servidor público, inclusive os que ganham uma renda extra durante o período momesco.

De acordo com a medida aprovada, são consideradas ilegítimas para os fins do artigo 70 da Constituição Federal, qualquer despesa custeada com recursos públicos municipais – inclusive aqueles decorrentes de contrapartida em convênio – com eventos festivos quando o município estiver em atraso com o pagamento da folha salarial (incluindo terceirizados, temporários e comissionados); ou em estado de emergência ou de calamidade pública decretados.

Assim sendo, não haverá carnaval em várias cidades maranhenses, sob pena dos prefeitos estarem desobedecendo a lei. A medida deve causar revolta entre os brincantes que, inclusive, retornam às suas cidades de origens para cair na folia. O município também perde receitas.

O pior de tudo é que os prefeitos já gastaram com recursos de contrapartida com convênios estaduais para o carnaval e vão ficar sem saber o que fazer com o dinheiro das emendas parlamentares destinadas ao mesmo fim. Além disso, já gastaram com equipamento para a infraestrutura carnavalesca, assim como já pagaram as parcelas iniciais de contratos com bandas e terão que arcar com o total do acordo se for cancelado.

Abaixo a relação onde as festas estarão canceladas:
Anapurus
Amapá do Maranhão
Arame
Bacabal
Bacuri
Bom Lugar
Carutapera
Cândido Mendes
Centro Novo do Maranhão
Colinas
Cururupu
Esperantinópolis
Godofredo Viana
Governador Edison Lobão
Governador Nunes Freire
Grajaú
Icatu
Joselândia
Lago Açu
Lago da Pedra
Lago do Junco do Maranhão
Lago dos Rodrigues
Lago Verde
Luis Domingues
Maracaçumé
Mirador
Nova Iorque
Nova Olinda
Paraibano
Parnarama
Pedreiras
Peri-Mirim
Peritoró
Pindaré-Mirim
Poção de Pedras
Porto Franco
Presidente Médici
Presidente Vargas
Santa Luzia
Santa Luzia do Paruá
Santa Quitéria
São João do Carú
São João dos Patos
São Mateus do Maranhão
São Roberto
São Vicente Férrer
Senador La Rocque
Serrano do Maranhão
Sucupira do Norte
Timon
Tuntum
Turiaçu
Tutoia
Urbano Santos
Vargem Grande


Com informações do TCE/MA

Josimar de Maranhãozinho é réu em processos criminais



Levantamento feito pelo G1 mostra que 50 deputados federais respondem hoje a processos criminais na Justiça. O dado representa 10% do total de parlamentares na Câmara (513). São, ao todo, 95 processos – apenas um dos deputados responde a 30 ações (quase 1/3 do total).
O leque de crimes pelos quais os deputados são réus na Justiça é variado: vai desde calúnia, injúria, difamação, corrupção e falsidade ideológica até furto, estelionato, lesão corporal e tortura.

No Maranhão o destaque é Josimar de Maranhãozinho popular Moral da Br.

JOSIMAR MARANHÃOZINHO (PR-MA)               
  • Local do processo: Justiça Federal de MA
  • Número do processo: 0047751-82.2014.4.01.3700
  • Crime: Furto qualificado
O QUE DIZ: O deputado diz que a acusação é “absurda”. No processo, ele é acusado de permitir o transporte ilegal de madeira extraída da reserva indígena do Alto Turiaçu durante o período em que foi prefeito do município de Maranhãozinho. “As provas apresentadas nos autos pela defesa demonstram justamente o contrário, que em tal período a prefeitura buscou combater o tráfego de caminhões madeireiros pelas estradas vicinais do município, ante os danos que causavam, e chegou a solicitar fiscalização do Incra para coibir tais fatos, contrariando os interesses dos madeireiros”, afirma o advogado Carlos Sérgio de Carvalho Barros. “O deputado jamais teve teve qualquer relação com madeireiros e confia plenamente que a ação será julgada improcedente, pois não há nenhuma prova das acusações. Não custa lembrar que o delegado federal que cumpriu as diligências investigativas nos municípios de Maranhãozinho e Centro do Guilherme foi posteriormente afastado e demitido da Polícia Federal em razão da prática de ilícitos em investigações, e atualmente responde a processo criminal na Justiça Federal do Maranhão.”

2° processo
  • Local do processo: 96ª Zona Eleitoral do Maranhão
  • Número do processo: 0000677-89.2016.6.10.0096
  • Crime: Captação ilícita de sufrágio
O QUE DIZ: O deputado nega as acusações. “Trata-se de ação movida pela coligação derrotada no pleito municipal de 2016, acusando o deputado de ter patrocinado a festa de comemoração de aniversário de uma rádio local para favorecer a candidatura de sua irmã ao cargo de prefeita do Município de Zé Doca. A ação foi julgada improcedente pelo juízo da 96ª Zona Eleitoral, por absoluta ausência de provas. Houve recurso da coligação adversária, que aguarda julgamento pelo TRE. A ação não traz qualquer prova de atuação ilegal por parte do deputado, que confia que o TRE manterá a sentença”, diz o advogado Carlos Sérgio de Carvalho Barros.


Via Portal G1

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Portaria do Governo Federal tira "poderes" das Colônias e Sindicatos de pesca



Uma portaria publicada pelo governo Jair Bolsonaro em janeiro transferiu todas as funções das colônias de pescadores e sindicatos para as Prefeituras do Maranhão. 
A Medida Provisória 871 estabelece que a partir de 2020, o cadastro dos sindicalizados terá que ser feito exclusivamente nos Executivos, por meio das Secretarias municipais de Pesca e Agricultura e não mais nas colônias ou sindicatos. 

Desse modo, as Prefeituras serão as responsáveis em emitir declarações aos conveniados para que estes deem entrada na aposentadoria e ao Seguro-Defeso junto ao INSS. 

“Art. 38-A. O Ministério da Economia manterá sistema de cadastro dos segurados especiais no Cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS, observado o disposto nos § 4º e § 5º do art. 17, e poderá firmar acordo de cooperação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e com outros órgãos da administração pública federal, estadual, distrital e municipal para a manutenção e a gestão do sistema de cadastro. 

 Art. 38-B § 1º A partir de 1º de janeiro de 2020, a comprovação da condição e do exercício da atividade rural do segurado especial ocorrerá exclusivamente pelas informações constantes do cadastro a que se refere o art. 38-A.”

Jonas Magno incentiva e apoia cultura popular rosariense.


O município de Rosário é bastante rico em manifestações culturais, estamos na época da maior festa popular do país e a cidade que é considerada o portal dos lençóis maranhenses desta-se como um dos maiores carnavais da região, consciente desta realidade que e o vereador Jonas Magno tem dado uma atenção especial aos grupos carnavalescos como blocos organizados e diversas brincadeiras existentes em Rosário.
Al lado do cantor Moura no Arrastão dos Traíras
 No ultimo fim de semana Jonas confirmou presença nos principais eventos que marcaram o pré-carnaval como o Bloco do Galo, e o Arrastão do Bloco Os traíras, ambos tiveram o apoio cultural do parlamentar. Em conversa como o blog Jonas reiterou que o município precisa cultivar suas raízes culturais e incentivar para que cresça ainda mais.
Jonas em reunião com resp. de blocos e brincadeiras do carnaval
"Sabemos que as brincadeiras que fazem a alegria das pessoas neste período precisam de incentivos e apoio e me sinto feliz em poder de alguma forma ajudar para que as nossas manifestações culturais continuem, além de movimentar a economia gerando renda para diversos trabalhadores" enfatizou Jonas Magno.