terça-feira, 2 de janeiro de 2018

No Pará, bebê morre carbonizado após mãe deixá-la sozinha em casa para ir pra festa da virada



A Polícia Militar apresentou na delegacia de São Félix do Xingu, sudoeste do Pará, Arliane da Silva Montes, 19 anos, acusada de ter deixado a filha de um ano e dez meses sozinha em um barraco de madeira, para poder ir a uma festa de Réveillon. Quando voltou, ela só encontrou as cinzas da filha depois que a casa pegou fogo.
Como na cidade não há brigada de incêndio e nem Corpo de Bombeiros, o fogo se alastrou rapidamente pela casa.
Segundo a Polícia Militar, o fogo pode ter tido origem em um pano deixado próximo a uma lâmpada. 
“O pano foi colocado para evitar que carapanã entrasse no local onde estava a criança”, disse o cabo Cesar Bezerra.
Fonte: netoweba.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário